Amazon MP3 Clips

quarta-feira, outubro 06, 2010

Mais uma vez, a LIBERDADE

O Homem tem sentimentos contraditórios e nem sempre age em conformidade com  o que pensa: rejeita a liberdade para ser irresponsável e, quer ser livre, dono de si e responsável pelos seus actos. Mesmo com todas estas antínteses e condicionantes à liberdade humana, o se humano tem a capacidade de as transpor e ultrapassar, superando-se a si mesmo (e é nessa capacidade que eu acredito e deposito a minha esperança).
Por mais que nos condicionem e imponham limites, há sempre a possibilidade de transformar  mundo, reaprender-se, recriar-se...
No fundo, se não existissem limites e condicionantes à liberdade, esta não seria valorizada, o Homem não procuraria a auto-superação... o facto de o ser humano ser simultaneamente um agente criador e condicionado torna estas duas realidades complementares e indissociáveis. é por elas que não somos «cadáveres adiados», sonhamos e temos objectivos de vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário