Amazon MP3 Clips

domingo, outubro 03, 2010

« Faz o bem, evita o mal.»

A perspectiva deontológica de kant : «Faz o bem, evita o mal» é vantajosa na medida em que defende e promove o repeito pelo dever e o agir segundo os ditames da nossa consciência e da recta razão, o que, leva o sujeito à preferência do bem e, consequentemente, à sua prática, contribuindo assim para a construção de uma sociedade melhor em que, a maioria das pessoas são moralmente boas, éticas, respeitadoras, tolerantes, conscientes, livres e autónomas.
 No entanto, «não há bela sem senão.» E, esta perspectiva cria uma tensão permanente entre querer\dever e dever-ser\ ser. Assim, é difícil agir segundo a ética kantiana pois, o Homem é capaz de atitudes altruistas mas, é também capaz de atitudes egoístas. O ser humano poderá transcender-se ou deixar que o seu egoísmo, o seu «lobo mau» interior prevaleça e gere a frustração do tão cummumente chamado «peso na consciência.»

Sem comentários:

Enviar um comentário