Amazon MP3 Clips

terça-feira, junho 29, 2010

Beleza

Tenta passar por mim devagar,


Dá-me tempo de reparar em ti,

De descobrir como és belo.

Que o meu olhar se demore em ti mais que o fugaz segundo habitual e pare,

Pare na limpidez do momento em que te vi.

Não, a tua beleza não se reduz a um qualquer deslumbramento instantâneo

Nem muito menos se limita ao imediatismo do quotidiano.

Ela revela-se a cada passo, a cada canto,

Quando tenho vontade do calor do teu sorriso

E te descubro ainda mais encanto

E, assim, a tua beleza é infinita pois, por mais estranho que pareça,

Ela é maior a cada dia.

Quando te vejo lindo, sei que te amo,

Assim como sei que a beleza daqueles que amamos dura a vida inteira.

Sem comentários:

Enviar um comentário