Amazon MP3 Clips

segunda-feira, julho 26, 2010

semelhantes

Já reparas-te na semelhança que existe entre ti e o teu inimigo? Repara melhor... eu consigo ver dois olhos, duas mãos, um quebranto no sorriso... Já viste? E agora, achas que consegues vir comigo um pouco mais fundo e descobrires mais semelhanças? Então vamos a isso!
O teu inimigo é uma pessoa e, como é óbvio, houve um dia em que nasceu, tem necessidades fisiológias, necessidades de beleza, de afecto, segurança... tal como tu e tal como tu, um dia irá morrer e este facto ou a assusta ou a atormenta e bombardeia com questões existenciais sem resposta. Para essa pessoa o tempo escasseia e escasseia também o seu tempo para amar (tantas vezes perdido em inimizades...).
E quando desces tão baixo quanto ele, respondendo às provocações, ou pelo contrário, consegues ser superior... e quando ele também te supera? Ai, ai... tanto em comum...
Quando ficas feliz com a sua desgraça ou sentes inveja quando a sua vida parece perfeita, desengana-te! Essa pessoa terá problemas, medos, angústias, sofrimentos, sonhos, ilusões e desilusões, muitos dos quais escondidos... mais uma vez, tal como tu.
Bem, parece que já descobrimos bastante semelhanças, não? E certamente que descobrirás muitas mais, se te deres ao trabalho de repares, de te aproximares, de compreenderes. Afinal, somos humanos, somos mortais, somos errantes e todos temos sede de amor.
Ninguém, ninguém é excepção.

Não achas que valerá a pena mudarmos de atitude?

Sem comentários:

Enviar um comentário